domingo, 28 de setembro de 2008

meus Amigos, meus Amores.








Bem, é a primeira vez que falo com vcs, paredes do meu blog, à maneira blogueira mesmo de falar e se abrir. Tô engatinhando nisso. Bem, estou com vontade de falar de amizade. Pretendo que comecei bem, pois há poucas coisas tão importantes como a amizade. Eu não tive muitos amigos e os que ensaiaram ser sairam de cena por motivos diversos; mudança de lugar, de sala, de ser etc. Estou escrevendo agora o que manda a cabeça; isento as mãos de toda culpa por estas palavras que elas escrevem. Tive uma namorada que me amou muito mas não soube ser amiga, somente namorada. Hoje contabilizo já um punhado de amigos e uns raros amigos verdadeiros. Eles matam um pouco minha solidão. Minha solidão tem dispeitas desses, pois antes só ela reinava. Vcs sabem, essas coisas de ciúme. Eu infelizmente cheguei a amar e o que não teria sido de mim se não tivesse essas pessoas tão zelosas de minha alegria! Estou emocionado neste exato instante só de imaginar o quanto sou querido. É que quando um amor que domina nosso coração usa desse poder e o esmaga com a rejeição, pensamos que não temos importância e que ninguém nos quer bem. Pelo menos eu calculo que a maioria se sinta dessa forma. Eu recentemente encontrei mais um amigo que vai para a caixinha dos raros. Ele faz origami, vejam só! Só isso já é um bom sinal. Eu aprendi um pouco só; aprendo um pouco com eles. Só temo perdê-los. Não se pode substituí-los. Eu aprendi a não desejar tudo que vejo, nem prezar qualquer coisa. Madre Tereza de Calcutá já prevenia: "Há mais lágrimas derramadas pelas preces atendidas do que pelas não atendidas". Mas uma coisa eu desejo forte e sem medo: é ter vcs sempre do meu lado e sempre poder fazer algo pela felicidade de vcs. Dias difícies estão vindo. Se me perceberem com o peito oprimido, cuidem de mim. Muitas lágrimas do coração nunca sobem aos olhos.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

?


Brisa
Lábios
Sede

É o momento
É hoje

Mãos
Lucidez
Espinhos

Brisa
O que é a brisa?
Brisa
Suspiro ressecando lábios...

Salvação
Anedota
Não existe chave
Salvação
Asas
Não dá pra voar

Ânsia de vômito
Frêmito na pele
Vazio
Só o vazio
É agora
Mãos pedem lucidez, pois há espinhos
É agora
É a hora do show
É a hora do show

E agora é a hora do show
E agora é a hora do show
Hora do show

Para um Anjo

Passei toda minha vida esperando por uma segunda chance
Tudo de que eu preciso é de alguma autodestruição
Ah! que linda coisa
E talvez o vazio possa ser preenchido
Eu quero correr o mais que puder
Para longe desse mundo
Para um lugar cheio de escuridão
Onde nem uma luz veja minhas lágrimas
Não fará nenhuma diferença
A ausência de mais um triste no mundo
Eu quero voar com todas as asas
Para longe desse mundo

Eu não posso culpar você
Você nasceu para a felicidade
Tudo em você é belo
Enquanto eu sou só um cara medroso
Que direito tenho de sonhar com você?
Eu queira descansar pra sempre
Minha cama é feita de seus olhos
Meu lençol é feito de seus lábios
Eu respiro seu hálito
Tudo em você é perfeição
Enquanto eu sou só um cara medroso
Que direito tenho de sonhar em te ter?
Eu queria descansar pra sempre
Eu queria morrer

Você é o ser mais nobre desse mundo
Basta lembrar dos seus olhos que não paro de chorar

O que te faria feliz?
O que você deseja?
Eu faria qualquer coisa por você
Eu faço tudo por você
Mas eu no momento apenas tenho medo
Que direto tenho de sonhar com você
Eu queria descansar para sempre
Eu to cansado desse mundo

Um arrepio acaba de percorrer meu corpo
É o fantasma de suas mãos
Elas me matam e ressuscitam
Tenho certeza de quando eu morrer vou para o paraíso de tanto que sofri nessa vida
Correrei por campos onde pairam aromas de morango
Eu vou rir com tua lembrança
Um riso de lagrimas
Porque você é meu grande amor
Um arrepio acaba de percorrer meu corpo

Eu um tenho segredo para te contar
Preciso que você não conte a ninguém
É um segredo que guardo desde o primeiro momento que te vi:
Você é lindo demais.
Eu tenho outro segredo para te contar
Preciso que você guarde bem:
Eu te amo muito.

Eu vou viver do seu amor para sempre

Meus dias são longos e curtos
Depende se você está perto ou não

Seu nome é um mantra que repito o dia inteiro
Você é um anjo esquecido na Terra ou ficou aqui por ser demasiado humano
Anjo
Eu queria que você nunca chorasse

Onde?
Onde está você?
Hoje eu não queria morrer
Eu queria escapar
Eu queria escapar
Eu sei que você tem planos de escapar
Então me leve com você
Deixe que eu te siga pra um pouco de vida
Um poço de vida
Um poço para um sedento
Rasgarei minhas veias e será teu o que delas sair
Estou gritando por você
Estou gritando por
Estou gritando
Estou

Dor
Esperei a vida toda por você, meu amor
Venha me salvar
Te salvarei de volta

Sinceramente eu não vejo alternativas de felicidade além de você
Como você acha que me sinto quando em minha cama penso em você?
Eu não espero que você se comova com minhas palavras
Nem se sinta na obrigação de me retribuir nada
Mas deixe que eu segure firme este fio de esperança que escapa de você
Nunca puxe de minhas mãos este fio
Eu sou um acostumado a andar por ruas vazias
Desertos me fazem feliz
Sou guiado pela miragem de alguém igual a mim
Deixe que eu segure firme este fio de esperança que escapa de você
Eu choro em ônibus vazios
Eu rio em cinemas vazios
Só queria que você nunca chorasse sem meu ombro
Nem risse sem que eu compartilhasse
Sinceramente eu não vejo alternativas de felicidade além de você
Cada detalhe seu que lembro, queima tudo em mim, meu amor
Como um orvalho de paixão na aurora de uma pétala de rosa
Eu não espero que você se comova com minhas palavras
Nem se sinta na obrigação de me retribuir nada
Mas deixe que eu segure firme este fio de esperança que escapa de você
Nunca puxe de minhas mãos este fio
Estou morrendo de frio
Me aqueça com o calor de sua voz
Eu não me importo se minha vida acabar agora
Nem com o amor das outras pessoas
Só quero ter a felicidade de te ter uma vez na vida
Nunca puxe de minhas mãos este fio
Estou morrendo de frio

Será que chega até você tudo que sinto?
Será que você sente algo estranho e lembra de mim sem saber porquê?

O que você quer?
De que sente falta?
Seja o que for
Eu faço pra você
Apenas não desista
Eu tenho medo por nós dois que você se canse como eu cansei
Apenas não pare
Apenas siga em frente
Eu estou aqui pra você
Estou aqui por você

Agora que eu te encontrei
Nunca vou perder você
Nunca vou deixar de olhar pra você
Então é melhor se acostumar
Porque não posso deixar de te amar
Então seja paciente comigo
Se você pedir pra me afastar eu irei
Mas irei direto pra morte
Eu não tenho intenção de ser um incômodo pra você
Você já tem seus próprios problemas
Mas você é especial demais
É impossível pra mi não te amar
Então é melhor se acostumar porque eu não consigo parar de te amar
Não fique com raiva de mim
É mais forte que eu
Se me afastar de você
Irei direto pra morte.
Você é o meu herói
Porque você não é desse mundo
Você trocou o céu por este mundo áspero
Não sofra pelos que te machucam
Eles nem sabem quem estão perdendo
Nunca se deixe esgotar
Porque eu estou aqui
E te ajudo a fugir pra longe de tudo
Nunca me abandone
Porque sou muito forte, mas se você pedir pra eu ir
Eu irei direto pra morte
Para minha derradeira morte.
Kamasuta de antigamente
Kamasutra de hoje