domingo, 17 de agosto de 2008

Uma Comédia na Presença da Morte




Quer entende um pouco o mundo dos adolescente?

Leia este livro. Você vai rir e vai chorar.



Eis o tipo de companhia que devo me acostumar a ter. Apenas eu e o banco. A natureza não conta. Nunca contou. Apenas o banco conta. Meu amigo duro como minha tristeza. Frio como minha solidão. Mas... Talvez ele minta. Talvez prefira que nele se aconcheguem pessoas alegres. Amores felizes. Pensando bem, a muito tempo que estou acostumado com este tipo de companhia. A muito sou só eu, sem nem sequer um banco...